O projeto “Olhos de Ver” tem com objetivo principal ampliar e difundir o entendimento das artes.

Acreditamos sinceramente no poder transformador da arte, que se torna sempre mais necessária quanto mais a sociedade nos empurra para o materialismo, o consumo desenfreado, para o desejo de ter que nos distancia do desejo de ser e de viver.

Acreditamos também, por esse motivo, que o acesso às artes deve ser universal, mas isso não acontece na prática e não é porque muitos não poderiam pagar por um ingresso no teatro ou no museu, afinal há muitas atividades culturais com preços acessíveis ou grátis, pelo menos nas grandes cidades. O motivo é mais profundo e mais triste: por não fazer parte da nossa formação, o interesse pelas artes não é estimulado e elas acabam não fazendo parte da vida cotidiana de muitas pessoas. Assim, o cidadão que não aprendeu o hábito de ir a exposições, espetáculos teatrais e de dança, shows e concertos, pode passar a vida toda no “modo automático”, vendo o que todo mundo vê, ouvindo o que lhe é empurrado.

“Veja quem tem olhos de ver, ouça quem tem ouvidos de ouvir”. A passagem bíblica fala da disposição de cada indivíduo a ler as entrelinhas, a ir além do óbvio, a abrir-se para novas informações e transformar a si mesmo e o mundo. É com essa disposição que cada um deve entrar em contato com as artes.

A ideia é promover a produção do conhecimento através do exercício do olhar, especialmente sobre as artes visuais. Queremos trazer informações e dicas sobre esse universo: as obras, os artistas, os movimentos, as histórias, os museus, as exposições, em particular aquelas que estão em cartaz em São Paulo, sempre que possível acrescentando informações úteis à visita.

O logo do projeto é o periscópio, instrumento que expande a visão para além do mar da banalidade. Se você se interessa por artes e gostaria de estar mais em contato com esse universo para entendê-lo e deixar-se envolver, fique por aqui, salve o link nos Favoritos, siga nossa página no Facebook. Vamos juntos.